segunda-feira, 25 de novembro de 2013

A Amiga...



Já faz parte do meu imaginário o fetiche de sermos observados enquanto envolvidos no “pecado” do prazer… a ser dominado/usado pela Maria… Não por exibicionismos mas meramente por achar tal coisa excitante, envolvente e até mesmo de saber que estamos a levar o observador/a ao limite da excitação… Temos falado algumas vezes sobre tal cenário sem chegar a uma conclusão definitiva…
Certo dia chego a casas lá estavam elas… Sentadas no sofá nas suas conversas… Parece que me clicaram num botão e a minha imaginação começou a criar cenários de loucura … algo me começou a correr pelas veias… creio que uma mistura entre vontade de ver a Maria a saltar-me para cima e foder enquanto éramos observados pela sua amiga e medo/vergonha de tal cenário... Não me fiz rogado pois ambos já tínhamos falado no tema… Sai dali e mandei um SMS a dizer-lhe para ela imaginar a excitação que seria alguém vê-la a fazer-me um broche de fazer cortar a respiração… de olhar para os olhos de alguém enquanto eu com a minha língua lhe percorria uma rata humilha e cheia de desejo…. Da excitação que seria de me saltar para cima e foder em cima de mim num momento de pura loucura… e enquanto o fazia via que quem observava estaria no limite…

Por minutos fiquei a tremer… e quando recebo a resposta ainda mais… A resposta só dizia --- “Junta-te a mim”… Lá fui eu com as pernas a tremer que nem varas verdes, mas determinado em viver esta aventura… Sentei-me no sofá onde estava a Maria sendo que no sofá oposto estava a sua amiga… pareceu-me em já alguma vez tivessem falado neste assunto, talvez fosse impressão minha… A Maria logo muito directa disse-me “quero que te venhas em mim agora”… a sua amiga abriu em demasia os olhos e respondeu “meninos eu estou aqui” a Maria responde “Quero que nos vejas a dar uma foda”… a outra ficou sem reacção mas instalou-se… Fui envolvido pela Maria em beijos enquanto me tirava a roupa e de seguida me faz um broche em que quase me vinha pois aquele cenário era improprio para o coração… Maria chupava sem dó nem piedade não parecendo que fosse parar cedo, olhava para a amiga para ela poder ver bem o que estava a fazer… enquanto isso usava os meus dedos para lhe sentir a rata que estava muito molhada… pelo grau de excitação a coisa ia ser rápida… Maria levanta-se empurra-me de forma bruta para que ficasse deitado no sofá e ai reparo que a amiga estava inquieta com o cenário… Maria enfiou o meu pénis duro na sua rata que entrou rapidamente e soltou uma sequência de gemidos misturados com palavras “estou-me a vir”… Sendo que me venho logo seguida… A amiga de Maria estava sem jeito… Fui direto ao banho…

Sem comentários:

Enviar um comentário